Contradições

by Gilber T

/
  • Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

     name your price

     

1.
2.
3.
4.
03:33
5.
6.
7.
03:18
8.
9.
04:15
10.
11.

about

Contradições é o terceiro álbum do músico e produtor Gilber T, produzido pelo próprio e Bruno Marcus, gravado entre o ano de 2015 e inicio de 2016, no estúdio Tomba Records - Niterói - RJ / Masterizado por Seu Cris no estúdio La Cueva - Laranjeiras - RJ.

credits

released June 16, 2016

A realização desse álbum só foi possível graças a Bruno Marcus, Isabel Valente, Ronald Brants , Kid Mumu, Gerson King Combo, Felappi, Luana Karoo, Bacalhau, Mauricio Bongo, Nervoso, Jan Santoro, Renan Carriço, André Dessandes, André Carnevale, Dalton Madalena, Fernando Oliveira, Leonardo Zulluh, Paulo Márcio, Tatá Ogan, Mário Travassos, Mário Big Dog, Augusto feres, João Pinaud, Bruce W. Lemos, Rafael Cruz, Lucas Pires, Seu Cris, Pyroman, De Leve e Elísio de Freitas. Obrigado a vocês, meu eterno e máximo respeito a cada um.

tags

license

all rights reserved

feeds

feeds for this album, this artist

about

gilber-t São Gonçalo, Brazil

Gilber T, músico e produtor nascido em São Gonçalo - Rj. Tem três discos co produzidos por Bruno Marcus no estúdio Tomba

contact / help

Contact gilber-t

Streaming and
Download help

Track Name: DaOrdem ( Part. Felappi e Gerson King Combo )
DAORDEM

Se é da ordem natural não há nenhum mal
Mas se for desigual e não atende de modo geral
Não é da ordem
É só um mundo que mais parece um distante
Sonho de consumo
Oh meu Deus, eu não consigo respirar
Se passam quinhentos anos e ainda sinto o mofo dos grilhões
No ar
Como vai seu mundo hoje?
Quem no mundo não quer ser feliz?
Como vai seu mundo hoje?
Seja como for sorria,
Você sobrevive a mais um dia.
Se é da ordem natural não há nenhum mal
Mas se for desigual e não atende de modo geral
Haverá desordem
Quanto mais sorrimos hoje mais medo devemos ter.
Track Name: Contradições ( Part. Kid Mumu )
CONTRADIÇÕES

De todo o bem que há em mim
Tanto abismo habita em mim
Dualismo yang-yin
Sou o homem que sorri, ganha afeto por mentir
O inferno e o céu estão em mim
Contradições em mim
Não confie a mim, seu ideal de perfeição
Distorções no dia a dia de um homem na multidão
Contradições estão em mim... Contradições
O bem e o mal.. Distorções.
Track Name: O Futuro ( Part. Luana Karoo )
O Futuro

Desligar a ignição e dar um rumo em nossas vidas
Há tanta pressão no ar que não sentimos um ao outro
Você me encontrou num mundo hostil
E de tantas tormentas
E a sorte que nunca nos sorriu nos faz rir
O futuro não vai ser futuro sem você
Você me fala sobre o lado bom das coisas
Enquanto alguns amigos anestesiam a realidade
Você me encontrou num mundo hostil
E de tantas tormentas
E a sorte que nunca nos sorriu nos faz rir.
Track Name: Cristina
Cristina

Hey, onde vai?
Hey, pra onde?
Com esse jeito de quem não sabe para onde vai?
Termina quando todas cores fortes
dissipam-se fora de controle
Cristina eu te trouxe flores
Nem tua casa é a mesma
Pra onde tú fostes?
Hey, onde vai?
Perco o equilíbrio nesse tempo torto
Quem socializa com esse clima morno?
Em que mundo se encaixa, se não suporta mais?
Track Name: Vai Brilhar ( Part. Leo Zulluh )
Vai Brilhar

Minhas irmãs e meus irmãos
É com o meu coração em júbilo que lhes afirmo
Que o amor é a única luz capaz de nos guiar
Por entre reinados de escuridão e ódio
Você tem luz, deixe ela brilhar
Eu tenho luz, vou deixar brilhar
Nós temos luz, vamos deixar brilhar
Vai brilhar, vai brilhar, vai brilhar

( Baseada na canção Evangélica para crianças “This little light of mine”, de Avis Burgeson Christiansen /letra- 1895 e Harry Dixon Loes /música - 1920, de domínio público )
Track Name: Sobre As Coisas Do Amanhã
Sobre as Coisas do Amanhã

Sobre as coisas do amanhã não sei te dizer
Eu só sei que fará parte
Se você quer vir, venha e não pergunte
Sobre as coisas do amanhã
Sobre as coisas do amanhã,
Sobre o amanhã não sei
Sobre as coisas do amanhã
Só amanhã poderei dizer
Tele transporte me leve para o alto e longe
Dessas horas que ligo e não me atende
Te odeio as vezes, me perdoe mas hoje não
Me pergunte sobre as coisas do amanhã
Bem vindo a esse clube eu nunca fui
Dessas pessoas blasé demais
Que falam demais
Indagam demais sobre o amanhã.
Track Name: Francisca
Francisca

Ela me disse um dia
O quanto o mundo pode ser cruel
Eu cresci e pude ver
Disse que eu sorriria
por amor, talvez sangraria
Tem razão, Francisca
Reze por mim
mesmo quando tudo parecer tão bem
O que não é certo anda tão perto
nem meu peito aberto pode me salvar
É uma prova e tanto chegar ao fim do dia
Não se move a linha, cruze ou nem tente.
Track Name: Só Pessoas ( Part. DJ Corysco, Pyroman, André Dessandes, De Leve )
Só Pessoas

Ouvindo música ruim, só pessoas
Pagando pra se divertir, só pessoas
Com todo o mal e doses de generosidade
Só pessoas fazendo o que pessoas fazem

Pyroman:
Letra em aberto
De Leve:
Gilber T
Ouvindo música ruim pagando na boa
Valia a moda se todos estão na mesma canoa
Quando é evento de amigo pede desconto
Mesmo se a entrada for 10 contos
Eu entendo pessoas, eu odeio as pessoas
Tão robotizando o mundo por causa das pessoas
Eles não se corrompem, não pensam mais rompem
Coisas hoje, que não imaginávamos ontem.
“A revolução não será televisionada”,
A revolução será robotizada.
Track Name: Gold
Gold

Luzes cintilam a minha volta
Sigo sem rumo entre o Aterro e a Glória
Vago sozinho
Um grau de melancolia, entre tantos sorrisos etílicos
Daquelas estrelas, fixo o olhar na mais bonita
O seu brilho intenso me fascina
As horas caem, o ciclo se fecha
Eu nem tento, sei que ela tem pressa
Vendo a noite me deixar
Nada fará com que ela fique
Arrastando minha auto piedade
Como se um dia ruim fosse o estopim
Para sufocar minha sobriedade
Ainda não... Eu preciso de mim
A lagoa é uma mulher em trajes íntimos que nos faz sorrir
Enquanto a bandeira dois limita onde podemos ir
Não importa para onde o fim da noite nos leva
De qualquer ponto da cidade
O redentor observa
Vejo todo o ouro do alto de Santa Tereza.
Track Name: Não Há Nada Que Me Convença ( part. Nervoso )
Não há nada que me convença

Você vem com os seus pecados
Gaguejando com suas mentiras
Mas não há nada que me convença
Queimou numa inquisição o que restou de seu caráter
Mas não há nada que me convença
Não há nenhum motivo
Pra você estar aqui
E não há nada que me convença
Poupe os seus joelhos
Se vai tentar até sangrar
Porque não há nada que me convença
Quem morreria por você
Hoje só quer descanso
E você pensa: “ Mas que merda eu fiz? “
E não há nada que me tire isso.
Não há nenhum motivo
Pra você estar aqui querendo colar os cacos do passado
Não há.
Track Name: El Topo ( Part. Bruno Marcus )
El Topo

Embaixo de raios de um forte temporal
Entre as cinzas e os escombros, estou só
Em um labirinto envolto por tubarões
No fio da navalha, estou só
Na fuga desastrosa quando finda a munição
Alvejado sem clemência ou perdão
Sorrindo entre amigos, amando e sendo amado
Quando acaba a morfina, estou só
Vago solitário em terras onde ninguém anda
Nenhuma distração me engana
Um alvo solitário à espreita e sem bandana
Nenhuma distração me engana
Blefando entre viciados com o naipe de ouros
Nas mãos e nos bolsos
Na curva mais fechada quando os freios romperam
Eu sei, estou só
A brisa hospitaleira beirando o covil
Quando tudo dá errado, estou só
Sob olhares hostís, descalço sobre as brasas
Clamando por Jesus...
Na alegria e na tristeza, no mainstream ou no underground, estou só
Cercados por hienas sob um sol infernal
Na fronteira entre o bem e o mal
Fugindo das flechas da civilização, jamais me renderei.